APOSTILA DE METROLOGIA SENAI PDF

Em geral, essas unidades eram baseadas nas medidas do corpo do rei, sendo que tais padres deveriam ser respeitados por todas as pessoas que, naquele reino, fizessem as medies. H cerca de 4. Cbito o nome de um dos ossos do antebrao Como as pessoas tm tamanhos diferentes, o cbito variava de uma pessoa para outra, ocasionando as maiores confuses nos resultados nas medidas. Para serem teis, era necessrio que os padres fossem iguais para todos.

Author:Gacage Yolrajas
Country:Mongolia
Language:English (Spanish)
Genre:Art
Published (Last):18 September 2004
Pages:50
PDF File Size:2.76 Mb
ePub File Size:4.54 Mb
ISBN:527-4-31577-389-3
Downloads:40607
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Vubar



O contrato vigora por 24 meses, podendo ser prorrogado. Durante a vigncia do contrato, o INMETRO realiza, em princpio, duas auditorias por ano para verificar se as condies que deram origem ao credenciamento esto sendo mantidas.

Observaes: 1 O termo grandeza pode referir-se a uma grandeza em um sentido geral veja exemplo a ou a uma grandeza especfica exemplo b. Exemplos: a Grandezas em um sentido geral: comprimento, tempo, massa, temperatura, resistncia eltrica, concentrao de quantidade de matria; b Grandezas especficas: - comprimento de uma barra - resistncia eltrica de um fio - concentrao de etanol em uma amostra de vinho 2 Grandezas que podem ser classificadas, uma em relao outra, em ordem crescente ou decrescente, so denominadas grandezas de mesma natureza.

Exemplo: As grandezas comprimento, massa, e tempo so geralmente tidas como grandezas de base no campo da mecnica. Observao: As grandezas de base correspondentes s unidades de base do Sistema Internacional de Unidades SI , so dadas na observao no item 1.

Exemplo: Em um sistema que tem como grandezas fundamentais o comprimento, a massa e o tempo, a velocidade uma grandeza derivada, definida como: comprimento dividido por tempo. Observaes: 1 Os fatores que representam as grandezas de base so chamados "dimenses" dessas grandezas de base. Exemplos: Deformao linear relativa, coeficiente de atrito, nmero de Mach, ndice de refrao, frao molar frao de quantidade de matria frao de massa.

Observaes: 1 Unidades de medida tem nomes e smbolos aceitos por conveno. Observao: A coerncia pode ser determinada somente em relao s unidades de base de um dado sistema. Uma unidade pode ser coerente em relao a um sistema mas no a outro. Observao: Em um sistema de unidades coerentes h uma nica unidade de base para cada grandeza fundamental. Exemplos: a O eltron-volt aproximadamente de 1, 18 x J uma unidade de energia fora do sistema em relao ao SI; b O dia, a hora, o minuto so unidades de tempo fora do sistema em relao ao SI.

Exemplo: Um dos decimais do metro o milmetro. Exemplos: a Comprimento de uma barra: 5,34m ou cm; b Massa de um corpo: 0,kg ou g; c Quantidade de matria de uma amostra de gua H20 : 0, mol ou 12 mmol Observaes: 1 O valor de uma grandeza pode ser positivo, negativo ou nulo; 2 O valor de uma grandeza pode ser expresso em mais de uma maneira; 3 Os valores de grandezas adimensionais, so geralmente expressos apenas por nmeros.

Observaes: 1 um valor que seria obtido por uma medio perfeita; 2 Valores verdadeiros so, por natureza, indeterminados. Exemplos: a Em um determinado local, o valor atribudo a uma grandeza, por meio de um padro de referncia, pode ser tomado como um valor verdadeiro convencional; b O CODATA recomendou o valor para a constante de avogadro como sendo TIA:6, x mol1.

Observaes: 1 "Valor verdadeiro convencional" s vezes denominado valor designado, melhor estimativa do valor, valor convencional ou valor de referncia. Exemplos: Nos exemplos em 1. Exemplos: a Escala de dureza Mohs; b Escala de pH em qumica; c Escala de ndice de octano para combustveis derivados de petrleo.

Observao: As operaes podem ser feitas automaticamente 2. Observao: A metrologia abrange todos os aspectos tericos e prticos relativos s medies, qualquer que seja a incerteza, em quaisquer campos da cincia ou tecnologia.

Exemplos: a O efeito termoeltrico utilizado para a medio da temperatura; b O efeito Josephson utilizado para a medio da diferena de potencial eltrico c O efeito Doppler utilizado para a medio da velocidade; d O efeito Raman utilizado para medio do nmero de onda das vibraes moleculares. Observao: Um procedimento de medio usualmente registrado em um documento, que algumas vezes denominado procedimento de medio ou mtodo de medio e normalmente tem detalhes suficientes para permitir que um operador execute a medio sem informaes adicionais.

Grandeza especfica submetida medio. Exemplo: Presso de vapor de uma dada amostra de gua a C. Observao: A especificao de um mensurando pode requerer informaes de outras grandezas como tempo, temperatura ou presso. Exemplos: a A temperatura de um micrmetro usado na medio de um comprimento; b A freqncia na medio da amplitude de uma diferena de potencial em corrente alternada; c A concentrao de bilirrubina na medio da concentrao de hemoglobina em uma amostra de plasma sangneo humano.

Observao: O sinal de entrada de um sistema de medio pode ser denominado estmulo, o sinal de sada pode ser denominado resposta. Observaes: a Quando um resultado dado, deve-se indicar claramente se ele se refere: - indicao; - ao resultado no corrigido; - ao resultado corrigido; e se corresponde ao valor mdio de vrias medies. Observaes: 1 Exatido um conceito qualitativo; 2 O termo preciso no deve ser utilizado como exatido; 3.

Observaes: a Para que uma expresso da reprodutibilidade seja vlida, necessrio que sejam especificadas as condies alteradas; b As condies alteradas podem incluir: Princpio de medio; Mtodo de medio; Observador; Instrumento de medio; Padro de referncia; Local; Condies de utilizao; Tempo. Observaes: 1 O parmetro pode ser, por exemplo, um desvio padro ou um mltiplo dele , ou a metade de um intervalo correspondente a um nvel de confiana estabelecido; 2 A incerteza de medio compreende, em geral, muitos componentes.

Alguns destes componentes podem ser estimados com base na distribuio estatstica dos resultados das sries de medies e podem ser caracterizados por desvios padro experimentais.

Os outros componentes, que tambm podem ser caracterizados por desvios padro, so avaliados por meio de distribuies de probabilidade assumidas, baseadas na experincia ou em outras informaes; 3 Entende-se que o resultado da medio a melhor estimativa do valor do mensurando, e que todos os componentes da incerteza, incluindo aqueles resultantes dos efeitos sistemticos, como os componentes associados com correes e padres de referncia, contribuem para a disperso.

Observaes: 1 Uma vez que o valor verdadeiro no pode ser determinado, utiliza-se, na prtica um valor verdadeiro convencional ver 1. Este termo no deve ser confundido com valor absoluto do erro, que o mdulo do erro. Observao: - Uma vez que o valor verdadeiro no pode ser determinado, utiliza-se na prtica um valor verdadeiro convencional ver 1.

Observao: 1 Erro aleatrio igual ao erro menos o erro sistemtico; 2 Em razo de que apenas um finito nmero de medies pode ser feito, possvel apenas determinar uma estimativa do erro aleatrio. Observaes: 1 A correo igual ao erro sistemtico estimado com sinal trocado; 2 Uma vez que o erro sistemtico no pode ser perfeitamente conhecido, a compensao pode ser completa.

Observao: - Uma vez que o erro sistemtico no pode ser perfeitamente conhecido, a compensao pode no ser completa.

Este vocabulrio define somente uma seleo de termos preferenciais; a lista a seguir, mais completa, est organizada em ordem aproximadamente crescente de complexidade. Esses termos no so mutuamente excludentes. Exemplo: a Uma massa; b Uma medida de volume de um ou vrios valores, com ou sem escala ; c Um resistor eltrico padro; d Um bloco padro; e Um gerador de sinal padro; f Um material de referncia.

Observao: A grandeza em questo pode ser denominada grandeza fornecida. Exemplo: Uma cadeia de medio eletro-acstica compreende um microfone, atenuador, filtro, amplificador e voltmetro. Observaes: 1 O sistema pode incluir medidas materializadas e reagentes qumicos. Exemplos: a Voltmetro analgico b Frequencmetro digital c Micrmetro Observaes: 1 A indicao pode ser analgica contnua ou descontnua ou digital.

Exemplos: a Plataforma ferroviria de pesagem totalizadora; b Medidor totalizador de potncia eltrica. Exemplo: Medidor de energia eltrica.

Observao: Este termo relativo forma de apresentao do sinal de sada ou da indicao e no ao princpio de funcionamento do instrumento. Observaes: 1 Esse termo pode incluir o dispositivo no qual apresentado ou alocado o valor de uma medida materializada; 2 Um dispositivo mostrador analgico fornece uma "indicao analgica", um dispositivo indicador digital fornece uma "indicao digital"; 3 denominada indicao semi-digital, a forma de apresentao, tanto por meio de um indicador digital, no qual o dgito menos significativo move-se continuamente permitindo a interpolao, quanto por meio de um indicador digital, complementado por uma escala e ndice.

Exemplos: a Junta de medio de um termmetro termoeltrico termopar ; b Rotor de uma turbina para medir vazo; c Tubo de Bourdon de um manmetro d Bia de um instrumento de medio de nvel; e Fotoclula de um spectrofotmetro. Observao: Em alguns campos de aplicao usado o termo "detector" para este conceito. Exemplos: a Detector de vazamento de halognio; b Papel tornassol. Exemplos: a Ponteiro; b Ponto luminoso; c Superfcie de um lquido; d Pena de registrador; 4.

Observao: Cada marca denominada de marca de escala. Observao: O comprimento de uma diviso expresso em unidades de comprimento, qualquer que seja a unidade do mensurando ou a unidade marcada sobre a escala.

Observao: O valor de uma diviso expresso na unidade marcada sobre a escala, qualquer que seja a unidade do mensurando. Observao: Algumas escalas no-lineares possuem nomes especiais como "escala logartmica", "escala quadrtica". Exemplo: Escala de um termmetro clnico, 4. Observao: Em alguns dispositivos mostradores o mostrador tem a forma de cilindros ou de discos numerados que se deslocam em relao a um ndice fixo ou a uma janela.

Observao: O ajuste pode ser automtico, semi-automtico ou manual. O sinal de entrada de um sistema de medio pode ser chamado de estmulo: O sinal de sada pode ser chamado de resposta. Neste captulo o termo "mensurando" significa a grandeza aplicada a um instrumento de medio. Observaes: 1 Faixa nominal normalmente definida em termos de seus limites inferior e superior, por exemplo, a C.

Quando o limite inferior zero, a faixa nominal definida unicamente em termos do limite superior, por exemplo, a faixa nominal de 0 V a V expressa como " V". Observaes: 1 "erro" determinado em relao a um valor verdadeiro convencional. Observao: As condies de utilizao geralmente especificam faixas ou valores aceitveis para o mensurando e para as grandezas de influncia, 5. Observaes: 1 As condies limites para armazenagem, transporte e operao podem ser diferentes; 2 As condies limites podem incluir valores limites para o mensurando e para as grandezas de influncia.

Observao: As condies de referncia geralmente incluem os valores de referncia ou as faixas de referncia para as grandezas de influncia que afetam o instrumento de medio. Exemplo: A fora eletromotriz fem de um termopar como funo da temperatura. Observaes: 1 A relao pode ser expressa na forma de uma equao matemtica, uma tabela numrica ou um grfico.

Observao: O limiar de mobilidade pode depender, por exemplo, de rudo interno ou externo ou atrito. Pode depender tambm do valor do estmulo. Observaes: 1 Para dispositivo mostrador digital, a variao na indicao quando o dgito menos significativo varia de uma unidade.

Observaes: 1 A zona morta pode depender da taxa de variao. Observaes: 1 Quando a estabilidade for estabelecida em relao a uma outra grandeza que no o tempo, isto deve ser explicitamente mencionado; 2 A estabilidade pode ser quantificada de vrias maneiras, por exemplo: - pelo tempo no qual a caracterstica metrolgica, varia de um valor determinado; ou - em termos da variao de uma caracterstica em um determinado perodo de tempo.

Exemplos: 1 Uma balana um instrumento discreto para medio de massas 2 Um termmetro de resistncia que aquece o meio no qual a temperatura est sob medio, no discreto. Exemplo: variao na sensibilidade com o passar dos anos.

Observao: Exatido um conceito qualitativo. Observao: Uma classe de exatido usualmente indicada por um nmero ou smbolo adotado por conveno e denominado ndice de classe. Observao: 1 Tendncia de um instrumento de medio normalmente estimada pela mdia dos erros de indicao de um nmero apropriado de medies repetidas. Observaes: 1 Estas condies incluem: - reduo ao mnimo das variaes devido ao observador; - mesmo procedimento de medio; - mesmo observador; - mesmo equipamento de medio, utilizado nas mesmas condies; - mesmo local; - repeties em um curto perodo de tempo.

LES MODALISATEURS PDF

SENAI EAD - Metrologia

The advantage of the binary system is that you only need two jetrologia 0 and 1 to express any number, no matter how big it is. Apostila explicativa sobre o uso do multimetro Disponibilizada pelo Prof do Senai Rondonopolis Curso de Apostila de metrologia Apostila de metrologia utilizada no tele-cursomuito objetiva. Artificial intelligence is the branch of computer science that deals with using computers to simulate human thinking. But if standard algorithms are not available or suitable, a new algorithm must be written and then added to the program library. It could be a cassette tape or a magnetic disk. Note that writing numbers in binary requires more digits than writing numbers in decimal. BASIC is the language most often used to introduce programming.

EGERIA DIARY OF A PILGRIMAGE PDF

APOSTILA DE METROLOGIA SENAI

.

Related Articles